quarta-feira, 27 de maio de 2009

Novas entradas na Biblioteca...



CIÊNCIA


Darwin - No Caminho da Evolução ( Ciclo de Conferências) DVD

(Oferta da Profª Isabel Lopes)


SAÚDE


Abraça a vida, prevenindo a SIDA

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Esta semana recomendamos (32)...



Internet
Site:
www.oceanario.pt

O Oceanário apresenta-se com um novo site que inclui novas funcionalidades, novo design e informações adicionais. A partir de agora pode fazer uma visita virtual e conhecer os habitats do Oceanário, informações sobre as espécies que os integram, descrições das atracções, actividades e programas escolares disponíveis. Pode ainda visitar a galeria de fotos do local rico em espécies da fauna e da flora. O segundo maior oceanário do mundo continua a divulgar notícias e eventos. Pode ainda aceder a toda a informação necessária para o visitar.

Concerto

"Couple Coffe and Band"
Centro Cultural Olga Cadaval
31 de Maio
21h30

Espectáculo
"Ballet Nacional de Espanha"
Integrado no Festival de Sintra
Centro Cultural Olga Cadaval
5 e 6 de Junho
21h30
Auditório Jorge Sampaio

CD

"Matriz" de Teresa Salgueiro

DVD

"Robin Hood - Príncipe dos Ladrões" de Kevin Reynolds

Jogos

Nitendo DS - "Pokémon Platinum"
PS3 - "In Famous" edição especial


Livro

" Os Médicis" de Tim Parks
Editorial Presença

Sinónimo de esplendor do renascimento italiano, os Médicis foram imortalizados pela história como promotores exemplares do florescimento das artes e das ciências. No presente livro, Tim Parks vai além do que figura nos manuais históricos e procura demonstrar a forma hábil como este clã conseguiu gerir teias diplomáticas, políticas e até militares, sem nunca colocar em xeque o respectivo prestígio.

Cinema
"À Noite, no Museu 2" de Shawn Levy
com: Amy Adams, Ben Stiller, Hank Azaria, Owen Wilson, Ricky Gervais, Robin Williams.
Assim como no primeiro filme, Ben Stiller volta nesta sequência no papel de guarda de museu. Mas dessa vez a acção tem lugar no museu Smithsonian de Washington. A ideia central do filme foi dar vida ao Smithsonian, o maior museu do mundo, que mais de 136 milhões de peças nas suas colecções, desde o avião de Amelia Earthart que atravessou o Atlântico, ao cadastro de Al Capone, o sofá de Archie Bunker e muitos outros curiosos objectos e figuras.


Teresa Amaral



segunda-feira, 18 de maio de 2009

Como habitualmente... dos nossos Amigos da Escola Secundária Daniel Faria – Baltar (Clube de Contadores de Histórias)...

DE QUE ESTIVERAM A FALAR?

O João espera pela mãe à porta de casa sentado no banco azul. Uma hora e dez. Quando ainda há meia hora olhara para o relógio, eram uma hora e cinco. A mãe nunca chega a casa antes das duas e cinco, isso quando vem cedo. Esquecera-se das chaves.
Passa a D. Joana:
Então, João, ficaste fechado cá fora?
João faz um aceno de cabeça, delicadamente.
Passa o Dr. Gerardo:
Então, não te deixam entrar?
João sorri delicadamente.
Passa a D. Gertrudes:
Oh! Não me digas que a mãe ainda não chegou!
Quando vê o casal Meireles aparecer ao longe, João levanta-se, pega na pasta e muda--se para o banco do parque de estacionamento, do outro lado.
Talvez seja mesmo isso que em breve vai acontecer: ele fechado cá fora e eles, dentro casa, não deixam entrar. Logo se verá na próxima semana… A mãe tem um namorado. Há três anos que o pai morreu, tinha o João treze anos na altura; e agora a mãe arranjou um namorado.
Falara-lhe dele. Não é de cá, conhecera-o na casa de repouso depois da operação, na Primavera. Vem visitá-los na próxima semana e vai ficar instalado no escritório. Como quase não é usado desde que o pai morreu, põe-se lá uma cama.
É só por dez dias — dissera a mãe.
Chega um carro de mobílias e estaciona com dificuldade num dos lugares vagos. Dois homens fortes saem a abanar os talões de entrega. Um deles vem direito a João:
Há por aqui algum restaurante? É que nos enganámos no caminho e perdemos o almoço.
Lá em cima, na povoação. Aqui, não.
Ah, então vamos ter de comer aqui mesmo. Podemos? — pergunta o segundo. Sentam-se e começam a tirar umas sandes do saco da merenda.
A D. Julieta sai do carro com os dois filhos pequenos. Depois, é a enfermeira do 1º andar que regressa na sua motorizada. Em seguida, um carro que João não conhece estaciona no lugar do Engº Florismundo.
Espero que o engenheiro não venha”, pensa João. “Ele faz sempre um pé-de-vento... Até já chegou a chamar a polícia por invasão de propriedade. Oh, e que venha!” pensa João logo a seguir. “Ao menos havia alguma animação para ajudar a passar o tempo…”
Não é que o escritório seja um lugar sagrado, não é disso que se trata. João tem medo das mudanças, de… mas de que é que ele tem medo afinal?
Não vou mentir-te — dissera a mãe — por isso quero dizer-te que gosto dele, do Bernardo. Gostava que tudo corresse bem, que tu gostasses dele. E acho que ele vai agradar-te — acrescentou.
Espero bem que não”, pensara João. “Espero que não dê certo. Espero que seja um mau tipo sobre quem não seja difícil decidir se gosto ou não.”
A pequenita da D. Julieta aproxima-se dele. A bola saiu fora do parque infantil e João devolve-lha.
A menina agradece e vai embora a correr.
Os dois homens também vão. Chega agora um homem com uma pasta, senta-se no banco — Bom dia! e começa a escrevinhar num bloco de papel. Talvez seja algum empregado de caixa.
João falara neste assunto a Geraldo. Em sigilo absoluto! Geraldo é um bom amigo e não é nada infantil quando o assunto são coisas sérias.
Que idade tem a tua mãe? — perguntara o Geraldo.
Trinta e seis ou trinta e sete.
É óbvio — dissera o Geraldo. — Tens de entender. Com essa idade uma mulher ainda…
Fizera uma pausa e dera a entender o resto da frase com um sinal de cabeça cauteloso e aí João compreendera. Sem qualquer pré-aviso, pregou-lhe uma bofetada. Geraldo ficara terrivelmente assustado mas por pouco tempo… e reagira logo.
O empregado de caixa também foi embora e o dono do carro desconhecido atravessou o parque de estacionamento. “Ah”, pensa o João. “O Engº Florismundo já não vai ter de se aborrecer. O senhor já vai sair.
Mas o homem não se vai embora. Veio só deixar uma coisa no carro e pegar outra. Um livro de bolso, pelos vistos. Olha em volta e encaminha-se para o banco de João. Senta-se na outra ponta sem uma palavra, de costas voltadas para ele. Tem um casaco de ganga e umas calças de veludo.
Pela maneira como se sentou e começou a ler sem fazer caso nenhum de João nem do que está à sua volta, não parece ser lá muito simpático.
Passa-lhe um pensamento maldoso pela cabeça. “Talvez se zangue”, pensa João e maldosamente diz-lhe:
Peço desculpa, mas estacionou num lugar reservado.
E o que é que tem? — responde o outro sem se voltar.
Só estou a dizer isto porque o dono do lugar pode fazer uma cena desagradável… Já chegou até a chamar a polícia…
Nesse momento o outro volta-se completamente e olha para João. Tem um bigode esquisito, olhos escuros com rugas à direita e à esquerda. Em vez de responder, aponta para o olho esquerdo de João e pergunta:
O outro também?
João não percebe imediatamente mas depois acena com a cabeça.
Sim, um pouco — a estalada de João não tivera o mesmo resultado que o soco de retaliação de Geraldo.
E qual foi o motivo?
Foi… foi por assuntos particulares.
Ah, estou a perceber.
Não percebes nada, pensa João.
Para dizer a verdade, não estou a perceber nada — disse o homem. — Mas também não tem importância. — Depois sorriu e continuou:
Andamos nós para aqui a fazer manifestações em favor da paz e, nos miúdos, as brigas continuam à larga. O que é que achas? O que pensas?
João encolhe os ombros.
Não, a sério! O que é que pensas disto? Um — e encolhe os ombros — é muito pouco.
Não sei — responde João. — Acho que um simples olho negro ainda não é sinónimo de guerra.
Um olho negro não é sinónimo de guerra — repete o outro pensativamente. — Mas talvez comece por aí. Tenho certas dúvidas sobre a relação entre as brigas de escola e os movimentos pacifistas. Ainda não pensei bem no assunto mas acho que se devia reflectir a sério sobre isso, devia sim.
Reclina-se para trás e estica as pernas.
Estou a falar a sério — acrescenta. — Claro que não só as brigas de escola mas as disputas das crianças no dia-a-dia, não achas?
João quer voltar a encolher os ombros, mas não o faz.
Podes encolher os ombros à vontade — disse o homem. — Eu também não sei. Devia começar-se já em criança.
Mais um maluco”, pensa João.
Calam-se por um momento e o homem continua:
Quanto ao lugar de estacionamento, claro que o dono ou inquilino, ou o que for, está no seu direito. Eu sou é demasiado preguiçoso para o ir tirar agora. Quando o dono vier ainda estou a tempo. Ou achas que ele também faz queixa por se desgastar o lugar?
É bem capaz disso! — diz João a rir.
Bem, ainda tenho de esperar mais um pouco. Não está ninguém na casa para onde quero ir.
João faz um aceno de cabeça.
O homem torna a virar-se para ele e olha mais de perto o olho negro com interesse.
Doeu?
Mais ou menos.
Levaste pontos?
Uhm.
Uma vez, também fiz uma rachadela aqui — e apontou para a sobrancelha do olho direito.
Mas não se vê nada — observa João.
E na altura até cheguei a levar pontos.
O outro também? — pergunta João atrevidamente.
O homem ri e bate com a mão no joelho.
Não vais acreditar. Não havia mais ninguém! Eu vou pela sala às escuras à procura da porta da sala, às apalpadelas de braços esticados.
Estende os braços e fecha os olhos, provavelmente para mostrar como estava escuro como breu.
E avanço, pé ante pé, a porta deve ser já aqui… E era, mas estava aberta. Eu passei--lhe com os braços de um lado e do outro e bati com a cabeça directamente na esquina da porta.
Que mau! — disse João a rir-se.
E tu ainda te ris? — disse o outro. — Que rapaz tão sem coração!
Nesse momento, a mãe entra no parque de estacionamento, passa pelo banco e olha. João levanta-se e diz:
Adeus!
O desconhecido levanta-se e diz:
Adeus!
A mãe sai do carro e sorri incrédula:
Porque é que…
Acabámos uma hora mais cedo… — responde João.
Eu vim três dias mais cedo… — responde o desconhecido.
Mais tarde, num almoço feito à pressa a mãe pergunta:
Sobre o que é que estiveram a conversar?
Sobre o movimento de paz e cabeças rachadas — responde Bernardo.
A mãe está muito admirada.
Uma coisa é esquisita — diz ela. — Vocês viram fotografias um do outro. Deviam ter-se reconhecido.
O olho negro dele mudou-o muito — disse Bernardo.
E o senhor… E na fotografia tu não tens bigode! — disse João.
Mais tarde, cada um vai tratar das suas coisas. Bernardo põe as camisas dentro do armário e pensa .Espero que ele perceba que gosto dele.
A mãe telefona à amiga para desmarcar o jantar e, enquanto espera que ela atenda, pensa Parece que eles afinal… espero que dê certo. Esperemos.
João procura um lugar na sua colecção de minerais para o cristal que Bernardo lhe trouxe (Encontrei-o eu mesmo. Um dia mostro-te o lugar!). Claro que ele tinha de lhe oferecer alguma coisa. Precisava de se pôr nas minhas boas-graças.
Precisava mesmo?
João não se sente feliz. Não se sente feliz porque é tudo muito pouco claro, novo, diferente, ameaçador ou pelo menos emocionante, e tão rápido. No meio de todos estes pensamentos obscuros lembra-se só por um instante da história da porta aberta.
Uma coisa ele não é, pensa João. Um mau tipo!
Em baixo, no parque estacionamento, o Engenheiro Florismundo, de pé em frente do carro desconhecido, escreve, por esta vez, uma carta muito pouco delicada, que prende no limpa pára-brisas.

Hans Domenego

Lene Mayer-Skumanz (org.)
Hoffentlich bald
Wien, Herder Verlag, 1986
Tradução e adaptação

Esta Semana recomendamos (31)...



Site:
http://www.empireonline.com/100-greatest-movie-characters/

Depois do portal Premiere já ter feito uma lista das cem melhores personagens cinematográficas, a revista Empire decidiu fazer o mesmo. Em primeiro lugar, encontra-se Brad Pitt com Tyler Durden, em Clube de Combate e, em último, Mel Gibson, que interpretou Martin Riggs na saga Arma Mortífera. Pode concordar, discordar ou até lembrar-se de outros nomes que gostaria de ver incluídos na lista. Guarde as opiniões para si ou opte por expô-las no fórum que a revista disponibiliza.

Exposições:

"Medula: A fábrica da Vida"
Museu da Ciência de Sintra
7 de Maio a 7 de Junho
Mais informações:
www.cienciavivasintra.pt

"Da Caricatura à Cerâmica"
Rafael Bordalo Pinheiro
Museu de Arte Moderna de Sintra
14 de Abril a 18 de Junho

Cinema:
Anjos e Demónios
com: Ayelet Zurer, Ewan Mcgregor, Stellan Skarsgård, Tom Hanks
Realização: Ron Howard
Baseado no livro de Dan Brown, "Anjos e Demónios" descreve os acontecimentos passados na vida de Langdon antes dos acontecimentos que são mostrados em "O Código Da Vinci". Langdon tenta impedir que uma antiga sociedade secreta destrua a Cidade do Vaticano após o estranho assassinato de um físico na Suíça.

Livro:
"Eu e as mulheres da minha vida" de Tiago Rebelo
Quem é que, tendo uma vida banal, não sonha com outra mais extraordinária? Que circunstâncias na vida de uma pessoa fazem com que esta se altere de um momento para o outro, quando já nada fazia prever.

CD
"Xinti" de Sara Tavares

DVD
"Rockrolla - A Quadrilha" de Guy Ritchie

Jogos
Xbox 360 - "The Chronicles of Riddick: Assault of Dark Athena"

PSP- "Tekken- Dark Resurrection"


Teresa Amaral

Novas entradas na Biblioteca...


DESPORTO


O Século XX do Desporto (A Bola)


Os Maiores Clubes do Mundo ( A Bola)



ANIMAIS


A Vida nos Mares ( Público)



ARTE (Prémios do Concurso de 2009 - A minha escola adopta um Museu)


Bento Coelho 1620-1708 e a Cultura do seu Tempo

Entre o Céu e a Terra, arte sacra da diocese de Beja Vol II

Entre o Céu e a Terra, arte sacra da diocese de Beja Vol III


terça-feira, 12 de maio de 2009

FEIRA DO LIVRO DO VERÃO...



NÃO DEIXES DE VISITAR A NOSSA FEIRA DO LIVRO DO VERÃO, no Centro de Recursos, com o apoio da TEXTO EDITORA / GRUPO LEYA, até 19 de Junho.
Leva um livro para as férias, aproveita os preços baixos e AJUDA A BIBLIOTECA DA NOSSA ESCOLA, pois a receita que fizermos reverterá a nosso favor, para a aquisição de mais livros.

domingo, 10 de maio de 2009

Esta Semana recomendamos (30)...


Internet:
http://www.worth1000.com/

Representa um importante lugar na web, na edição de imagens e na fotografia.O site Worth1000 contém tutoriais do programa de edição Photoshop, fóruns de discussão e galerias que incluem diversas fotografias e trabalhos na área da arte digital. Além dos trabalhos fotográficos editados, o site inclui a selecção de uma fotografia por dia e concursos nas áreas de edição e fotografia em que os cibernautas podem participar.

Livro:
"Mágoas da Escola" de Daniel Pennac
Da Porto Editora
Esta obra debruça-se sobre a problemática do ensino mas adoptando um ponto de vista invulgar: o do mau aluno. O reputado autor francês, ele próprio um péssimo estudante, traça um retrato amplo e preciso de uma figura que nos habituámos a associar, nem sempre justamente, à indisciplina e rebeldia. O êxito da obra resulta na conjugação entre a pedagogia e as reflexões autobiográficas de Pennac

Cinema:
" Star Trek " de J.J. Abrams
com: Chris Pine, Simon Pegg, Winona Ryder, Zachary Quinto

Um olhar sobre a fundação de uma das tripulações espaciais mais emblemáticas da Sétima Arte. Teremos a oportunidade de ver como o Capitão Kirk entrou na Academia Starfleet, o início da sua amizade com Spock e as primeiras batalhas contra os Romulanos. Uma visão inovadora da maior aventura espacial de todos os tempos, “Star Trek”, com uma tripulação jovem e totalmente nova, aventurando-se ousadamente onde nenhum Homem jamais chegou...

Concerto para bebés: "Cordas e Martelinhos espalhados pelo chão"

17 de Maio 10:00/11:30 Auditório Jorge Sampaio

"Doug Macleod" 22 de Maio 22horas Auditório Acácio Barreiros

DVD

"O código DaVinci"

(Versão alargada) de Ron Howard

CD

"War Child" -Heroes Vol.1 Vários

Jogos

PS3 - "Killzone2"


Teresa Amaral

domingo, 3 de maio de 2009

Esta Semana recomendamos (29)...

Jair Penny (pintor)

Site
http://www.eusou.com/

O portal obrigatório para jornalistas, economistas, médicos, juristas, cinéfilos, informáticos, músicos, desportistas e astrónomos. Porquê? Porque o conteúdo do portal se adapta à escolha que fizer antes de «entrar», por assim dizer. Visite o site e descubra mais.

Livro
"Manhattan Transfer" de John dos Passos

«O melhor livro moderno sobre Nova Iorque...Uma narrativa muito completa.... sobre os vastos grupos trabalhadores, vencedores e vencidos que são eles mesmos o espírito de Nova Iorque» D.H. Lawrence

Cinema

"Salazar, a vida privada" com Ana Padrão, Catarina Wallenstein, Diogo Morgado, Filipe Vargas, Vírgilio Castelo, etc....

CD

"Live in London" (2Cds) de Leonard Cohen

DVD

"D'Artagnan e os três Mosqueteiros" 1ª parte
Com Pierre Aknine

Jogos

PS3 - "X-Men Origins: Wolverine
PS2 - Buzz! Quem é o Génio Português?

Concerto

"Feio and Friends"
7 de Maio
22h00
Auditório Acácio Barreiros

Teatro
" Onde Vamos Morar?"
Com: Sérgio Godinho, Pedro Lacerda e Sílvia Filipe
15 de Maio
22h00

Auditório Jorge Sampaio



Teresa Amaral